Praticas Sociais

Explicando melhor, Práticas sociais representam manifestações culturais da organização e cultura é entendida como vetor explicativo dessas práticas. Considera-se Inovação como fenômeno dinâmico, não linear, fundamental para a construção de novos comportamentos, produtos e serviços organizacionais. A base teórica apoia-se em autores como: Bourdieu, DaMatta, D’Iribarne, Dupuis, Faoro, Geertz, Giddens, Guerreiro Ramos, Holanda, Motta e Weber. O modelo de D’Iribarne, com suas categorias de análise - senso de dever; relações hierárquicas; percepção de controle; definição de responsabilidades; sanções; qualidade da cooperação e regulação - foi utilizado nessa articulação conceitual. Transpondo-se a discussão para o caso do Brasil, foi possível concluir que práticas organizacionais brasileiras são manifestações enraizadas às características culturais do país. Essas práticas podem ser tradicionais ou inovadoras em função das características regionais que definem as distintas subculturas nacionais.

Pensando dessa maneira a Fazenda Tulha preza muito pelas praticas sociais que envolvem Fazenda, Funcionário e Patrão, e ela esta sempre desenvolvendo essas praticas para integrar a todos como por exemplo:

A festa na roça trás a temática do homem e da mulher no campo no passar dos anos relembrando e enraizando sua origem tendo como principais temas o Terço de São Gonçalo cantado e com catira (cantado com os pés e mãos).

Trouxe o Grupo da cidade de Guaranésia-MG, apresentando a peça Flicts para pais e filhos na Fazenda, trazendo momentos de descontração e diversão a todos, além de relembrar a infância e de como é importante estar todos ligados. A Fazenda Tulha preza muito a união da família como um todo e a interação de todos.

A Fazenda Tulha busca trazer vários projetos para a interação de todos que vivem nela, ela trouxe uma jovem atriz, Dani Mirini para contar histórias do imaginário amazônico em numa bela tarde de domingo interagindo com todos, e proporcionando conhecimento regional do Amazonas.

A Feira da Gratidão que ocorreu no Parque da Mogiana na cidade de Guaxupé, e o projeto Organicidade proporcionou um dia para palestrar, apresentar e conscientizar as pessoas que foram sobre a importância do projeto e os benefícios que ele causa no meio ambiente.